Monographs Details: Salacia panamensis Lombardi
Authority: Lombardi, Julio A. 2014. Celastraceae (Hippocrateoideae e Salacioideae). Fl. Neotrop. Monogr. 114: 1--227. (Published by NYBG Press)
Family:Hippocrateaceae
Description:Species Description - Árvores 4-10 m, ou arbustos, 2-5(-10) m, glabros; ramos novos cilíndricos, achatados nos nós, não lenticelados ou esparso lenticelados, lustrosos, secos ocres ou marrons, minutamente frisados, velhos cilíndricos, fissurados, lenticelados com lenticelas longas, lustrosos, marrom-avermelhados. Folhas opostas ou subopostas; estípulas não vistas, deixando cicatriz em anel interpeciolar ou separadas e curvas; pecíolos (10-)16-22(-27) mm, secos ocres ou enegrecidos, minutamente frisados; lâminas 17.2-30.7(-44.4) × (7.9-)10-18(-23.5) cm, elípticas, base cuneada a arredondada, margem inteira, ápice agudo, raro obtuso, cartáceas, secas mais ou menos lustrosas na face adaxial, cinza-esverdeadas ou marrons na face adaxial, marrom-claro avermelhadas na abaxial, nervuras secas marrons na face adaxial, de cor inconspícua ou marrom-claras na abaxial, secundárias promínulas e terciárias obscuras ou planas em ambas as faces. Inflorescências aparentemente fasciculadas, braquiblastos contraídos, 2-4 flores, ramifloras em nós sem folhas ou truncifloras, produzindo floradas em sucessivas estações; brácteas fimbriadas; pedicelos (6-)9-10 mm. Botões florais cônicos. Flores 11-13 mm diâm na antese, rotáceas; cálice fechado nos botões muito jovens, crescendo parte-se em 5 lobos irregulares, (1.8-)2.3-3.1 × (2-)2.3-2.4(-3.4) mm, triangulares, erosos, escariosos, margem seca enegrecida, carnosos; pétalas 4.4-4.8(-6.3) × 3.4-4.4(-5.4) mm, obovais, deflexas, inteiras, carnosas, amarelas, verde-amareladas, amarelas com base laranja escuro, ou verdes com base marrom ou avermelhada, provavelmente secretora; disco anelar-pulviniforme, levemente 5-gono, 1.3-1.8 × 0.9-1.1 mm, laranja, marrom ou vermelho-claro, margem externa delgada, secando marrom-escuro; estames 1.4-1.8 mm, marrons, filetes 1.1-1.4 mm, anteras 0.3-0.45 × 0.5-0.6 mm, reniformes, laranja, 2-loculares, lóculos confluentes por fenda em ângulo de ca 120°, conectivo inconspícuo; ovário ca 1.5 mm diâm, 3-lobado, esbranquiçado ou rosado, estilete indistinto, rosado, estigma pontual, óvulos por lóculo 5. Bagas maduras inteiras não vistas, imaturas 3.6-4.2 (-4.8) × (2.2-)3.2-3.9(-4.4) cm, esferóides, ápice às vezes 3-lobado, secas marrons, lisas, imaturas pruinosas, verde-esbranquiçadas, verdes com estrias longitudinais cinzentas ou verde-claras, maduras amarelas, epicarpo maduro coriáceo. Sementes ca 1.1 × 0.9 cm.

Discussion:Nomes vernaculares e usos. Nenhum nome vernacular relatado. Os frutos maduros são comestíveis.

Salacia panamensis é muito semelhante a várias outras espécies de folhas grandes e hábito arbustivo-arbóreo, como S. juruana , mas é única na característica do cálice fechado nos botões.

Hedin (1999: 58) reconheceu o cálice de Salacia panamensis e de S. mennegana, como peculiares e associou-os ao cálice caliptriforme de espécies de Salacicratea (= Salacia) da Malaysia, descrevendo aquele da primeira espécie como “three-parted calyx in which the segments are valvate,” mas em minha interpretação os lobos não iniciam com partes livres valvares, mas sim como um botão fechado no qual o crescimento das partes internas rompe os segmentos. Esta visão é reforçada pelas margens irregulares, escariosas e enegrecidas dos lobos.

A base das pétalas é provavelmente nectarífera e néctar abundante foi relatado nas flores (Knapp 1354), em muitos espécimes examinados as bases das pétalas foram raspadas, provavelmente por insetos.
Distribution:Colón Panamá Central America| Darién Panamá Central America| Kuna Yala Panama Central America| Panamá Panama Central America|