Monographs Details: Metzgeria parviinvolucrata Kuwah.
Authority: Costa, Denise P. da. 2008. Metzgeriaceae (Hepaticae). Fl. Neotrop. Monogr. 102: 1-169. (Published by NYBG Press)
Family:Metzgeriaceae
Description:Species Description - Gametófito mediano a largo, verde-escuro a verde-amarelado quando seco, ocasionalmente azulado nos apices e gemas, 1,1-1,6 mm larg. Ramos adventícios ventrais raros. Talo piano a subplano, di-cotomicamente ramificado, dicotomias regulares, de dois tipos: atenuado e não atenuado, ápice obtuso, sem papilas mucilaginíferas. Em seção transversal lamina uniestratificada, 16-28 células da costa a margem, células medianas a grandes, planas, hialinas, paredes ligeiramente espessadas, trigônios pequenos ou ausentes, cutícula lisa, 30-47(-65) × 21-35 µm; costa fracamente arqueada para ambas as superficies, 2-A(-5) fileiras de células epidérmicas na superfície dorsal e (2-)3-5(-6) na ventral; células medulares ligeiramente distintas das epidérmicas; medula com 15—19(—23) células, em 4 camadas, células de paredes ligeiramente espessadas. Talo esparsamente hirsuto, rizóides curtos a longos, eretos, esparsamente dispostos na margem (apresentando extensas regiões sem rizóides) e superficie ventral da costa, na margem raros (500 µm = 0-5 rizóides), 1 rizóide por célula, 57-260 µm. Gemas marginais produzidas nos ápices dos talos atenuados (numerosas), diminutas, discóides, fortemente côncavas, sem rizóides, ocasionalmente azuladas (4-6 células de larg.). Dióico. Ramo masculino desconhecido. Invólucro feminino muito pequeno, fortemente enrolado, obovado, com ou sem entalhe apical, hirsuto, rizóides eretos, dispostos na margem e superfície externa, 140-220 µm. Apresenta desenvolvimento extemo do invólucro feminino em talo vegetativo. Caliptra carnosa, obpiriforme, hirsuta, rizóides pequenos, eretos, 1,0-1,2 mm, seção transversal 6-7 camadas de células. Seta imatura em seção transversal 30 células, 16 corticais, 14 medulares, 6 diâm., células de paredes delgadas, com trigônios pequenos, regularmente arranjadas.

Discussion:O epíteto parviinvolucrata refere-se ao tamanho do invólucro feminino, que nesta espécie é muito pequeno.

Segundo Kuwahara (1981), se distingue de M. antartica Steph., uma especie da mesma segao Bi-formimedioseria, por esta ultima apresentar talo azulado e longo-atenuado, bem como pela ausência de desenvolvimento do invólucro feminino em talo vegetativo. O invólucro feminino de M. parviinvolucrata, além de ser o menor conhecido para a família Metzgeriaceae, apresenta uma forma pouco comum, com ou sem entalhe apical ou mesmo com este lateral, assim como, o desenvolvimento do invólucro feminino em talo vegetativo, pode não estar associado à caliptra, como é freqüentemente observado (Kuwahara, 1981).

Os rizóides estão quase que ausentes na superfície ventral da costa, na grande maioria dos talos observados. A caliptra e o esporófito estão sendo descritos e ilustrados pela primeira vez.
Distribution:La Libertad Peru South America| Morelos Mexico North America| Nuevo León Mexico North America| Cartago Costa Rica Central America| Carchi Ecuador South America| La Paz Bolivia South America|