Monographs Details: Metzgeria longitexta Steph.
Authority: Costa, Denise P. da. 2008. Metzgeriaceae (Hepaticae). Fl. Neotrop. Monogr. 102: 1-169. (Published by NYBG Press)
Family:Metzgeriaceae
Description:Species Description - Gametófito mediano, verde-claro, 1,0-1,5 mm larg. Ramos adventícios ventrais nao observados. Talo piano, dicotomicamente ramificado, dicotomias irregulares, ápice obtuso. Em seção transversal lamina larga, uniestratificada, 20-30 células larg., células da lâmina na região mediana grandes, planas, paredes uniformemente espessadas, trigônios ausentes, 52-90 × 27-46 µm, cutícula lisa; costa arqueada para ambos os lados, 2 fileiras de células epidérmicas em ambas as superficies, dorsal e ventral; medula células de paredes espessadas. Talo esparsamente hirsuto, rizóides pequenos a medianos, eretos a ligeiramente flexuosos, dispostos na margem, superfície ventral da costa e da lâmina, na margem esparsos (500 µm=ca. 11 rizóides), 1 rizóides por célula, 150-250 µm. Gemas marginais, planas, liguladas, rizóides ausentes ou rudimentares, 8-9 células larg. Ramo masculino, invólucro feminino, caliptra e esporófito desconhecidos.

Discussion:O epíteto longitexta destaca os longos rizóides da margem.

O material da República Dominicana foi considerado afim a M. longitexta porque apresenta na margem 1-2 rizóides por célula. A gema está sendo descrita e ilustrada pela primeira vez. A variação altitudinal aqui apresentada, possivelmente não expressa a verdadeira variação alcançada pelo táxon, visto que na República Dominicana ocorre em local-idade com elevação alta, enquanto que na Dominica, acredita-se que ocorra ao nivel do mar, sendo esperada a presença deste em outras localidades nas Antilhas.

Baseado nos critérios da IUCN SSC, considerou-se esta espécie como vulnerável (VU), por ser endêmica das Antilhas, ocorrer somente em duas localidades, com a coleção mais recente realizada em 1976.
Distribution:Dominica South America| La Vega Dominican Republic South America|